22/10/2008

"O filho de vocês é ótimo, é maravilhoso, mas é adolescente e isso explica tudo..."

People,
Essa foi a frase mais linda que já ouvi sobre o assunto filhos na adolescência... Dita pela orientadora pedagógica da escola de meu filho ontem, durante uma visita nada agradável... Estávamos preocupados com a mudança de comportamento, de uma hora para outra virou um homem e ficamos assustados... Apenas 14 anos, um bebê, para nós, é claro! Fiquei orgulhosa, pois ela nos disse que a cultura dele é invejável e nos deu os parabéns porque ele é um intelectual, nossa... Achei isso demais!

Levanto aqui a bandeira dos pais de filhos únicos, a quem procuramos dar as melhores coisas dessa vida, realmente lá em casa investimos muito nele, desde pequenos, com viagens, visitas a museus, livros e mais livros, conversas tipo papo-cabeça... É só ele... Ele merece... Hoje me vejo recompensada e sei que é só o começo, mas meu filho tem uma bagagem cultural que muito adulto não tem ou não teve oportunidade de adquirir...

Resumindo, ele está numa fase chata, querendo se auto afirmar, mas fiquei feliz em saber que isso é normal, que ele está indo bem e que tudo passa... E também que ele é querido pela turma toda, é um líder nato, maravilhoso, amigável, ajuda a todos, enfim, um guri normal para a idade... É isso, mãe de adolescente tem dor de cabeça sempre, vive preocupada, mas como dizia Cazuza: "SÓ AS MÃES SÃO FELIZES..."
Beijos,

Soraia

3 comentários:

Anne disse...

Adolescencia é uma fase crítica. Eu sei porque passei por isso a pouco tempo e minha irmã está nessa fase deixando meus pais de cabelo em pé.

Feltro em casa disse...

Oi Soraia!!

Eu não tive a alegria de ter filhos, mas sempre imaginei que caso tivesse, na adolescência deles eu estaria esperando por "mim" quando tinha essa idade...me lembraria dos meus conflitos existenciais, e das minhas dúvidas, da minha chatice...de tudo... e compreenderia e daria umas dicas para eles não sofrerem tanto!!!Isso se eles me ouvissem, pois eu me lembro que eu definitivamente não ouvia a minha mãe rsrsrsrsrsr...beijo e bom fim-de-semana!!! Malú

Vívian Freitas disse...

Ai, ai, quando a minha chegar nesta fase, como será tudo? Como será ela? Como serei eu?

Blog Widget by LinkWithin