16/01/2009

Sonhos


Olá pessoal, eu também voltei, tirei férias, fui no Rio dar um cheirinho na minha turma amada, fiz um cruzeiro maravilhoso, enfim, descansei muito e me diverti...
Mas queria falar hoje de sonhos. Eu tenho um pensamento bem particular sobre esse assunto. Tenho uma teoria de que ora sonhos são avisos, ora expressão do que desejaríamos para nossa realidade, ou então tentativas de contato... Mas não tenho nada que prove, nada científico, apenas é meu pensamento e queria dividir com vocês. Acho que através dos sonhos, uma parte de nós, adormecida, faz contato com as partes dos outros também adormecida e que vagueiam por aí enquanto dormimos... Sei lá, acho que meu curso de Filosofia está me deixando um pouco louca das idéias, mas Freud deve explicar, afinal ele pensava mais ou menos assim sobre os sonhos, sempre tinham significados para ele e por que não o teriam para mim? Quem sou eu para discordar...

Meus sonhos impressionantes:
**meu avô materno morreu quando eu tinha 15 anos... Eu vivia sonhando com ele, até que um belo dia, ele em sonho me disse para deixá-lo ir embora, pois eu não estava deixando... Simplesmente num gesto simbólico o joguei para o céu e ele sumiu, fiquei um bom tempo sem sonhar com ele, até que, já casada e com filho, tinha recém comprado nosso 2° apto(que já foi vendido, rsrsrs...) e sonhei que ele andava pela minha casa e dizia que tinha vindo conhecer meu marido que ele ainda não conhecia e também minha casa nova...

**meu avô paterno morreu fazem 15 anos e minha avó nunca aceitou a morte dele... Um dia, ainda era bem recente, sonhei com ele me pedindo para comprar um livro para ela que falava da aceitação da morte e etc e tal... Passou um tempinho, eu estava em uma livraria, quando me deparei com o tal livro... Como não comprar? Não só comprei, como mandei para ela dizendo que era presente dele... Se ela leu, não sei, pois falar do meu avô com ela, é algo que não me deixa à vontade...

**esse mesmo avô era surdo, eu e a Vi, já sonhamos com ele várias vezes e quando íamos falar, costumeiramente alto, ele dizia que agora não precisava mais gritar, que ele já ouvia bem... Tadinho...

**ano passado sonhei com uma amiga, ela não estava bem no sonho... Mais ou menos 01 mês depois, encontrei com o marido dela na rua e perguntei se ela estava bem, pois eu estive preocupada com ela. Ele surpreso me avisou que ela passou por problemas de saúde, nódulos no seio, que eu bem sei o que são...

Diante de tudo isso, como não acreditar nos meus sonhos? E vocês? Tem algum assim para me contar?
Um beijo grande e bom final de semana.



Foto: The Think Business Blog

3 comentários:

Anne disse...

Olá!!!

Esse lance de sonhos é muito sinistro..

P.S - Dicas naturais de combate ao stress: http://www.verdadesevariedades.blogspot.com

Denise do Egito disse...

Quando fiquei grávida, sonhei três vezes que o bebê seria um menino. Meu sonho era tão real que eu já sabia que seria menino antes mesmo de fazer o exame. E, no fundo, era meu desejo...
Tenha uma ótima semana!

Vívian Freitas disse...

Os sonhos me encantam e me intrigam ao mesmo tempo. O pior é quando eles nos deixam na dúvida. Foi sonho ou aconteceu? Comigo acontece muito isso... E também tem aquela coisa de sonhar e saber que é sonho... Só coisa louca.

Blog Widget by LinkWithin